Trabalhadores do transporte coletivo entram em greve na capital


Paralisação foi ocasionada por problemas salariais, segundo o Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Coletivo (Sitetuperon).

Os trabalhadores do transporte coletivo de Porto Velho entraram em greve na manhã desta quarta-feira (8). A paralisação de 100% da frota, que não tem previsão de retorno, foi ocasionada por problemas salariais junto ao Consórcio Sistema Integrado Municipal (SIM). A informação foi confirmada pela Secretaria Trânsito Mobilidade e Transporte (Semtran).

De acordo com a Semtran, a greve foi deflagrada pelo Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Coletivo (Sitetuperon), por problemas de negociação salarial. A Semtran também informou que não foi avisada previamente sobre a paralisação.

Os grevistas reivindicam melhorias no salário, os trabalhadores exigem a retomada do valor correspondente aos 4% da quantia do salário, que foi suspensa pelo consórcio SIM no mês de julho, e ainda descontou, de uma única vez, os valores, relativos ao aumento, pagos nos últimos quatro meses.

No dia 10 de julho os trabalhadores fizeram protesto ao serviço de “Táxi Compartilhado”, na capital.

Em contato com a concessionária SIM, fomos informados que será divulgada uma nota ainda nesta manhã.

Por RedaçãoDIÁRIO DA AMAZÔNIA


c2c9063e-ef01-4b45-89ef-a4f835f274c0.jpg
934b0fec-b165-406b-bf07-01ae73250ec7.jpg
24174133_1944909432494834_4108635420390726574_n.jpg
2022 dom.jpg
                                                     Notícia Em Destaque                                                     
be27f0c5-4fa9-41c5-98a8-9ac5c645f951.jpg
AUITSMO corrigido 300X250.png
e7fecd30-2a15-4427-b13c-ff7239795fb9.jpg
EUCATUR.jpg
a0b9d943-d73d-4b47-880b-58c1c18c75f1.jpg
6e52628e-9cfa-4231-88ed-162c493c3769.jpg
d2ea8d0f-0c5c-4bf3-860d-af688e0bcf0d.jpg
anuncio TERRAFORTE.jpg
a05d55d4-665c-4af4-b7f1-6e740d661e27.jpg
5bb1e9a9-b366-4571-9ff5-9b2272c77dc5.jpg