Vereador questiona imoralidade por colegas de parlamento recebem subsídios da Câmara e Prefeitura


Em sessão ordinária realizada na noite desta segunda-feira (01), o projeto de extinção do ticket alimentação foi tema de discurso caloroso do vereador Sergio Tobias – DEM, que é 2ª secretário na mesa diretora do Poder Legislativo.

Em seu discurso, Tobias levanta alguns questionamentos sobre os colegas de parlamento, Vereador Rafael de Paula e Vereador Oziel Almeida, ambos do Patriota e defendem o projeto. Sérgio argumenta que os colegas, são beneficiados pela câmara e pela prefeitura, no tocante ao recebimento de salários, diárias e auxilio alimentação.

Sergio Tobias fez um desafio aos dois vereadores a abrirem mão do Ticket alimentação da prefeitura, diárias e subsídios salarial, “vamos ser políticos de verdade, sem demagogia, é bonito fazer cortesia com o chapéu dos outros”, disse.

Tobias diz que estará apresentando uma emenda ao projeto para que vereador eleito tenha que optar pelo subsidio da Câmara ou pelo subsidio da prefeitura.

Em nenhum momento Tobias questiona o direito dos colegas de receber os benefícios nos dois órgãos, pois é legal e é direito deles, no entanto, como tanto se alega a imoralidade no auxilio alimentação que é legal, ficou explicito a mensagem que Sergio quis passar a população:

Vereador receber subsídios na câmara e na prefeitura pode ser legal, mas é no mínimo imoral.

Assista à sessão na íntegra no link: http://pimentabueno.ro.leg.br/sala-de-imprensa/sessoes-gravadas


R1reporter

EDIÇÃO DE HOJE Nº 118

5c39b923-e1ce-4dea-b7ef-e2e1ee12cdac.jpg
anigif.gif
CONVENIO UNIMED.png
CONVENIO UNIMED.png
ARTE ANUNCIO.jpg
                                                     Notícia Em Destaque