Roubo seguido de perseguição policial e acidente termina com suspeito morto

Com o impacto da batida, o motor ficou destruído e se desprendeu do carro. Suspeito de 16 anos que estava no banco do passageiro foi arremessado e morreu.


Um roubo seguido de perseguição policial e acidente terminou com um suspeito de 16 anos morto no bairro Candelária, na Região de Venda Nova, em Belo Horizonte, na madrugada desta sexta-feira (23).

De acordo com a Polícia Militar (PM), um motorista de aplicativo foi atender a uma corrida no bairro Tupi, na Região Norte para o Vista do Sol, na Nordeste. Dois homens entraram no carro e disseram que não tinham dinheiro para pagar. O motorista se recusou a atendê-los, foi rendido com uma faca e imobilizado com um golpe conhecido como gravata. Os bandidos tentaram colocar a vítima no porta-malas, mas como ela reagiu levou uma facada entre o peito e as costas - onde houve um corte superficial. Os dois homens fugiram levando o carro, a PM foi chamada e houve perseguição por cerca de 20 quilômetros. Segundo a PM, na Rua Padre Pedro Pinto, no bairro Candelária, o motorista perdeu o controle da direção e bateu com o veículo em um galpão que teve a estrutura comprometida. Com o impacto, o motor ficou completamente destruído e se desprendeu do carro. O suspeito de 16 anos que estava no banco do passageiro foi arremessado e morreu no local. O outro que dirigia foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), em estado gravíssimo, e levado para o Hospital de Pronto-Socorro Risoleta Tolentino Neves. O jovem que morreu tem passagens na polícia por roubo, furto e homicídio. O dono do carro foi ao local do acidente e reconheceu os dois criminosos.

Por Aluisio Marques, TV Globo

EDIÇÃO DE HOJE Nº 118

5c39b923-e1ce-4dea-b7ef-e2e1ee12cdac.jpg
56422362_2285627121709462_41902581880518
d1e1841c-2d85-458a-bd16-3f434b913cc6.jpg
                                                     Notícia Em Destaque                                                     
CONVENIO UNIMED.png
ARTE ANUNCIO.jpg