Por desordem, quase 200 pessoas são conduzidas pela PM à Unisp em Rolim de Moura RO

erturbação de sossego, aglomeração e corrupção de menores, estão entre os crimes cometidos pelos infratores.


De acordo com as primeiras informações repassadas pela Assessoria do 10º Batalhão da Polícia Militar de Rolim de Moura, (a 483 km da capital Porto Velho RO), mais de 170 pessoas foram conduzidas a Unisp por perturbação de sossego e, outros crimes de ordem publica, nos Bairros Jequitibá e Buritis.

Continua depois da publicidade


A operação realizada pela Polícia Militar foi nesta madrugada do domingo (29).

As reclamações feitas pelos moradores dos locais já vinham ocorrendo há semanas, mas, para que a atuação dos órgãos de segurança fosse feito com sucesso, eram necessários as investigações para se chegar aos responsáveis pelas badernas, o que demandou um pouco mais de tempo.

A ocorrência iniciou durante a madrugada com as abordagens aos infratores, prosseguiu pela manha e ainda está em andamento.

A Operação batizada de C-19 teve como objeto, além da perturbação, combater a corrupção de menores e, por fim a poluição sonora, já que também existe em decreto à proibição de aglomerações devido ao Covid-19.

Moradores da região relatam a dificuldade que era para dormir nos dias de aglomerações nos bairros citados.

“Eu, como morador do Jequitibá, fico muito feliz com o sucesso dessa operação. Tinha noites que eram difíceis para dormir...”, relata um morador da região. Continua depois da publicidade

A qualquer momento informações completas.

Por: Redação VerguiaFonte: Secom 10

EDIÇÃO DE HOJE Nº 118

5c39b923-e1ce-4dea-b7ef-e2e1ee12cdac.jpg
anigif.gif
serra dourada.gif
CONVENIO UNIMED.png
ARTE ANUNCIO.jpg
                                                     Notícia Em Destaque