Polícia prende motoristas de aplicativos suspeitos de matarem assaltantes em Manaus

Os presos, após sofrerem assaltos, teriam cometido os assassinatos por vingança.


A polícia prendeu três homens - todos motoristas de aplicativo - suspeitos de envolvimento na morte de um suspeito de assalto, que estaria envolvido em roubos registrados entre a categoria em Manaus, segundo a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros. Além dos três presos, duas pessoas foram detidas para serem ouvidas.

Investigações da polícia apontaram que um adolescente assassinado pelo trio não teve envolvimento no crime. Ainda conforme as investigações, os presos, após sofrerem assaltos, teriam cometido os assassinatos por vingança. A operação Nêmesis, coordenada pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros, foi deflagrada na capital e, ao todo, foram expedidos três mandados de prisão temporária. De acordo com a polícia, o nome dado à operação, traz o significado da deusa da vingança na mitologia grega. Segundo informações da polícia, entre os alvos há um mandado em nome de um candidato a vereador de Manaus e representante da categoria de motorista de aplicativo, de 33 anos. Familiares dos presos e diversos motoristas de aplicativo estiveram na DEHS e acompanharam a chegada dos suspeitos no local.

Por G1 AM

EDIÇÃO DE HOJE Nº 118

5c39b923-e1ce-4dea-b7ef-e2e1ee12cdac.jpg
56422362_2285627121709462_41902581880518
d1e1841c-2d85-458a-bd16-3f434b913cc6.jpg
                                                     Notícia Em Destaque                                                     
CONVENIO UNIMED.png
ARTE ANUNCIO.jpg