João Pichek Presidente da Câmara municipal de Cacoal participa de entrevista em TV

Pichek participou de entrevista na TV Allamanda, Presidente da Câmara falou da sessão extraordinária da próxima semana e delineou diversos outros assuntos


Cumprindo seu papel de prestar informações e esclarecimentos aos Cacoalenses, o presidente da Câmara de vereadores de Cacoal, João Paulo Pichek, foi entrevistado nesta quarta-feira (20), pelo jornalista da Tv Allamanda Diego Maia, no Comando Policial, um dos programas de maior audiência da região.

Pichek, respondeu às perguntas e comentou alguns assuntos durante a entrevista.

Falou dos primeiros dias frente a presidência da Câmara, fez uma breve avaliação do seu mandato e dos desafios que vem pela frente, além da importância do poder legislativo na política como um todo.

O apresentador Diego Maia, comentou sobre a economia da gestão anterior na casa de leis, Pichek pontuou que a economia é extremamente importante, embora é preciso também cuidar e zelar da Câmara, algumas reformas mesmo que pequenas são necessárias, incluindo alguns itens de segurança do prédio.

João reafirmou seu compromisso e gerir com responsabilidade o dinheiro público, agindo sempre dentro da transparência e legalidade.

O jornalista indagou o vereador quanto a relação entre os poderes executivo e legislativo.

Pichek confirmou que tem um bom relacionamento com o prefeito, embora essa relação harmônica e independente já diz tudo, a Câmara vai legislar e fiscalizar, afinal os órgãos são independentes.

Outro ponto da entrevista, foi relativo a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), os empresários estão apreensivos quanto aos decretos do estado e município, e muitos alegam que caso tenha que fechar novamente, receiamdecretar falência.

O presidente da Câmara salientou que a culpa dos altos índices da doença, não é dos empresários e muito menos das igrejas, e sim de quem vive em festas, aglomerações e não respeita as normas de distanciamento social, dando força ao vírus.

Os empresários e comerciantes que estavam no aeroporto capital do café ontem (19), conversaram com o governador coronel Marcos Rocha (Sem partido), e após ouvir as sugestões, Marcos Rocha junto como secretário estadual de saúde Fernando Máximo, vão se reunir na capital e dar um novo parecer quanto a situação de Cacoal, frente as fases restritivas.

Pichek comentou ainda sobre a sessão extraordinária da próxima segunda-feira (25), entre os projetos que devem entrar em pauta, está a contratação dos servidores emergências para atender a área da saúde no município;

Destacando que atendendo pedido do executivo municipal, cedeu hoje (20), a prefeitura seis (06), servidores para SEMUSA – Secretaria municipal de saúde, para agilizar os trabalhos e reforçar o atendimento nesse período tão crítico devido a pandemia de covid-19.

Para encerrara entrevista ao jornalista Diego Maia na Tv Allamanda, João Paulo Pichek concluiu, “ A Câmara de vereadores de Cacoal busca melhorias, nós (Vereadores), vamos fiscalizar e contribuir para o desenvolvimento do município, não podemos misturar interesses políticos com os interesses da população”.

Fonte: Assessoria

EDIÇÃO DE HOJE Nº 118

5c39b923-e1ce-4dea-b7ef-e2e1ee12cdac.jpg
anigif.gif
serra dourada.gif
CONVENIO UNIMED.png
ARTE ANUNCIO.jpg
                                                     Notícia Em Destaque