Fiat Chrysler terá mulher comandando fábrica pela primeira vez na América Latina


Engenheira Juliana Coelho substituirá o italiano Pierluigi Astorino na chefia da unidade de Goiana, PE. Ele volta para a Itália para chefiar manufatura nas marcas Alfa Romeo e Maserati.

Pela primeira vez, uma fábrica da Fiat Chrysler na América Latina será comandada por uma mulher. A engenheira Juliana Coelho, de 31 anos, assumirá o posto máximo na unidade de Goiana , onde atualmente são produzidos os Jeep Renegade e Compass e a Fiat Toro.

Ela trabalha na empresa desde 2013, e faz parte do primeiro time de funcionários da unidade pernambucana, aberta em 2015 e considerada uma das mais modernas da FCA em todo o mundo. Antes de assumir o cargo de gerente da fábrica, Juliana Coelho trabalhou como Especialista de Processo de Pintura, Supervisora e Gerente da Pintura e Gerente da Montagem na Jeep, além de, mais recentemente, ter chefiado a área de novos desenvolvimentos na manufatura da América Latina na fábrica da Fiat em Betim (MG). Antes dela, o posto era ocupado pelo italiano Pierluigi Astorino. Agora, ele retornará para a Itália, onde assumirá o cargo de chefe de manufatura das marcas Alfa Romeo e Maserati.

Fábrica da Jeep, em Goiana, na Região Metropolitana do Recife — Foto: Inês Campelo/Jeep/Divulgação

Por G1

EDIÇÃO DE HOJE Nº 118

5c39b923-e1ce-4dea-b7ef-e2e1ee12cdac.jpg
56422362_2285627121709462_41902581880518
d1e1841c-2d85-458a-bd16-3f434b913cc6.jpg
                                                     Notícia Em Destaque                                                     
CONVENIO UNIMED.png
ARTE ANUNCIO.jpg