Engenheiro é preso com 261 comprimidos de ecstasy em Porto Velho

Entorpecentes eram vendidos por alto valor, segundo a polícia.


Equipes do Departamento de Narcóticos (Denarc) de Porto Velho prenderam um engenheiro de 33 anos com pelo menos 261 comprimidos de ecstasy na última sexta-feira (13) na capital. Conforme a Polícia Civil, os entorpecentes “têm grande poder alucinógeno” e eram vendidos por alto valor.

Segundo a corporação, o engenheiro era um dos responsáveis por distribuir as drogas nas regiões central e norte de Porto Velho, além de festas de música eletrônica.

A polícia encontrou 261 comprimidos de ecstasy, além de outras 30 porções dos entorpecentes. Um mandado de busca e apreensão ocorreu no bairro Embratel, onde todo o material foi encontrado. Além da droga, dinheiro e outros objetos foram apreendidos.

O suspeito não tem passagem pela polícia e informou ter começado a comercialização há pouco tempo.

O homem foi encaminhado ao sistema prisional e permanece à disposição da Justiça.



https://www.diariodaamazonia.com.br/engenheiro-e-preso-com-261-comprimidos-de-ecstasy-em-porto-velho/

EDIÇÃO DE HOJE Nº 118

5c39b923-e1ce-4dea-b7ef-e2e1ee12cdac.jpg
anigif.gif
serra dourada.gif
CONVENIO UNIMED.png
ARTE ANUNCIO.jpg
                                                     Notícia Em Destaque