Corpo de Asa Branca é velado na Assembleia Legislativa de SP

Ele enfrentava problemas relacionados com um câncer de boca descoberto em 2017. Sepultamento será em Turiuba, no interior de São Paulo, cidade natal do locutor.


O corpo de Asa Branca, famoso locutor de rodeios, começou a ser velado na Assembleia Legislativa de São Paulo, na Zona Sul da cidade, na madrugada desta quarta-feira (5).

O sepultamento será em Turiuba, no interior de São Paulo, cidade natal do locutor.

Asa Branca morreu aos 57 anos nesta terça-feira (4), no Instituto do Câncer, na Zona Oeste de São Paulo, em decorrência de um câncer. O locutor lutava contra a doença desde 2017. Ele deixou cinco filhos reconhecidos.

O locutor passou por várias internações recentes, sendo a última no dia 25 de janeiro, quando a família alugou uma ambulância para transportá-lo do interior de SP para a capital paulista.

📷

Locutor de rodeios Asa Branca — Foto: Reprodução/Instagram

Segundo o Instituto do Câncer, o horário do óbito foi às 14h30 desta terça-feira. "Eu sou muito agradecida por Deus ter me dado a chance de ter convivido com ele. Ele vai sempre estar no meu coração e tenho certeza que vou encontrar com ele, esteja ele onde estiver", disse Sandra Barbosa, viúva do locutor.

Em contato com o G1 no domingo, a esposa de Asa Branca já havia sido informada pelo médico de que o quadro de saúde dele era irreversível. "Ele gostava muito de viver, então, para ele, ele queria viver. No passado ele fez algumas coisas que não foram legais. Ele queria fazer diferente, queria mudar isso. Ele é muito devoto de Nossa Senhora, tanto que tatuou uma imagem no braço. Ele foi valente", disse a mulher do locutor.

Sandra disse ainda que "meu coração está partido, eu perdi o meu amor, mas de qualquer forma eu estou aliviada porque ele estava sofrendo muito."

📷

Post oficial sobre a morte de Asa Branca no Instagram — Foto: Reprodução/Rede Social

Waldemar Ruy dos Santos, o Asa Branca, foi diagnosticado com câncer na boca em 2017. Ele também era portador do vírus HIV, doença descoberta em 2007.

Segundo a família, Asa Branca seria homenageado neste fim de semana com a medalha da Ordem dos Parlamentares do Estado de São Paulo, mas, por conta do agravamento da doença, ele não pode participar.

Ele fez novelas como "Mulheres de Areia", "Rei do Gado", apresentou o "Som Brasil" e o especial "Amigos."

📷

Velório de Asa Branca na Alesp na Zona Sul de SP — Foto: Francisco Cepeda/Estadão Conteúdo.

Por G1 SP — São Paulo

EDIÇÃO DE HOJE Nº 118

5c39b923-e1ce-4dea-b7ef-e2e1ee12cdac.jpg
56422362_2285627121709462_41902581880518
d1e1841c-2d85-458a-bd16-3f434b913cc6.jpg
                                                     Notícia Em Destaque                                                     
CONVENIO UNIMED.png
ARTE ANUNCIO.jpg