Pesca de mais 7 espécies de peixes é proibida em Rondônia


Proibição aconteceu devido ao período de defeso. Pesca do Tambaqui e Pirarucu já estava proibida no estado.

A pesca de mais sete espécies de peixes está proibida a partir desta sexta-feira (15) devido ao período de defeso. Segundo a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), nos próximos quatro meses a pesca fica proibida porque este é o período de reprodução dos peixes nos rios rondonienses.

A partir desta sexta-feira, é crime pescar peixes das seguintes espécies:

  1. Surubim

  2. Filhote

  3. Caparari

  4. Pirapitinga

  5. Jatuarana

  6. Dourada

  7. Pescada

A pescaria destas sete espécies está proibida até 15 de março de 2020. Neste período, a Policia Militar Ambiental (PMA) intensificará a fiscalização pelos rios do estado. Os peixes criados em cativeiros não são proibidos para venda.

Em uma campanha nas redes sociais, a Secretaria do Meio Ambiente de Porto Velho solicita que população não compre ilegalmente os peixes de rios no período de defeso e que procurem lugares com certificados da origem do produto.

Tambaqui e Pirarucu

Segundo a Sedam, o período de defeso para o Tambaqui já tinha iniciado no estado, em 1° de outubro, e vai seguir até 31 de março de 2020.

Já a pesca do Pirarucu estava proibida em Rondônia desde 1° de novembro. Para esta espécie, o defeso só encerra em 30 de abril de 2020.

Por G1 RO — Porto Velho


EDIÇÃO DE HOJE Nº 118

5c39b923-e1ce-4dea-b7ef-e2e1ee12cdac.jpg
56422362_2285627121709462_41902581880518
d1e1841c-2d85-458a-bd16-3f434b913cc6.jpg
                                                     Notícia Em Destaque                                                     
CONVENIO UNIMED.png
ARTE ANUNCIO.jpg