Egressos do Campus Cacoal conquistam 66 vagas em cursos de nível superior


O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Cacoal, teve 66 alunos egressos aprovados em cursos de graduação, através da nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e também na primeira chamada de vestibulares 2019 de instituições particulares.

Jhenifer Fernanda Nascimento concluiu o Curso Técnico em Agropecuária Integrado ao Ensino Médio em 2018 e alcançou nota 960 na redação do ENEM. O excelente resultado somado à nota das outras áreas de conhecimento da prova, a possibilitou conquistar duas vagas em instituições federais distintas, podendo dessa maneira escolher a instituição e o curso que irá se matricular, essa conquista é resultado de grande esforço e comprometimento da aluna. “O IFRO foi fundamental para que eu alcançasse 960 pontos na redação do ENEM. A qualidade dos professores possibilitou isso, na verdade. Nunca imaginei essa nota, mas esse resultado é fruto de um trabalho realizado juntamente com os professores do Campus Cacoal”, declarou Jhenifer.

Tendo como visão tornar-se padrão de excelência no ensino, pesquisa e extensão na área da ciência e da tecnologia, o IFRO garante uma educação de qualidade aos seus discentes. Outro exemplo de bom resultado vem com a história do egresso Willyan Kristhian da Silva Rodrigues, concluinte do Curso Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio 2018. Em virtude de sua nota no ENEM, ele conseguiu aprovação em três instituições de ensino superior. Através do Sistema de Seleção Unificada (SISU) conquistou vaga na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), foi aprovado em primeira chamada da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR) e pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) conquistou uma bolsa de estudos integral em uma instituição particular bastante renomada no estado de Rondônia.

“O IFRO Campus Cacoal é, sem resquícios de dúvidas, uma realidade que excede o eixo pelo qual a educação brasileira, em sua maioria, se encontra. Isso porque integra ensino, pesquisa e extensão no propósito de formar cidadãos capacitados. Digo isso porque as minhas aprovações, em 2019, também foram viabilizadas pelo Instituto”.

No Instituto, o processo de ensino-aprendizagem do educando é voltado à formação de cidadã comprometida com o desenvolvimento e a sustentabilidade da sociedade. A equipe de professores e técnicos em assuntos educacionais do Campus Cacoal está comprometida com o êxito de seus alunos.

O egresso comentou ainda que o ensino do Campus Cacoal está equiparado à qualidade do ensino de cursos superiores, fator que contribuiu para seu desenvolvimento estudantil e, sobretudo, pessoal. “E tudo o que era, para mim, uma utopia, tornou-se mais real do que pude imaginar: aprovação pelo SISU, em Ciências Sociais, na UFSCar, na UNIR e, pelo ProUni, em uma instituição privada, ambas no município de Cacoal, para o curso de Direito”. Willyan encerrou sua fala agradecendo aos servidores do IFRO pelo trabalho que transforma vidas.

Na valorização do compromisso ético e da responsabilidade social, estudantes e professores desenvolvem atividades que envolvem toda a comunidade, buscando sempre integrar ações que contribuam tanto na vida profissional dos discentes, quanto para sua vida social, conquistando elevados índices de aprovação para o ingresso no ensino superior.

Os concluintes dos cursos Técnicos Integrados ao Ensino Médio do Campus Cacoal conseguiram vagas para diversos cursos, como Agronomia, Zootecnia, Engenharia Civil, Geografia, Direito, Medicina, Engenharia de Software, Medicina Veterinária, Agronomia, Ciência da Computação, Matemática e muitos outros. Para o Diretor-Geral do Campus Cacoal, Davys Sleman de Negreiros, “resultados como este demonstram a garra de nossos estudantes e comprovam o comprometimento de nossa equipe”.

Dos 66 egressos que conseguiram aprovação, grande parte poderá escolher entre duas ou mais instituições, pois alguns estudantes se classificaram em quatro universidades. Um fato que faz os servidores acreditarem no trabalho que desenvolvem é o de que 16 estudantes concorreram, foram aprovados e pretendem continuar no IFRO, cursando agora o nível superior.


6e52628e-9cfa-4231-88ed-162c493c3769.jpg
62ce543a-677e-4a3b-97cd-6e12438d7d2d.jpg
EUCATUR.jpg
a0b9d943-d73d-4b47-880b-58c1c18c75f1.jpg
4c431daf-e845-4334-9e53-725fdf7616c6.jpg
934b0fec-b165-406b-bf07-01ae73250ec7.jpg
24174133_1944909432494834_4108635420390726574_n.jpg
2022 dom.jpg
                                                     Notícia Em Destaque                                                     
be27f0c5-4fa9-41c5-98a8-9ac5c645f951.jpg
6e52628e-9cfa-4231-88ed-162c493c3769.jpg
d2ea8d0f-0c5c-4bf3-860d-af688e0bcf0d.jpg
anuncio TERRAFORTE.jpg
a05d55d4-665c-4af4-b7f1-6e740d661e27.jpg
5bb1e9a9-b366-4571-9ff5-9b2272c77dc5.jpg