Audiência Pública sobre aumento de energia lotou auditório da Câmara Municipal


O auditório da Câmara Municipal de Rolim de Moura ficou completamente lotado na última sexta feira, 15 de fevereiro, durante realização de audiência pública, presidida pelo Presidente da Câmara, Vereador Dr. Lauro Lopes – PRB, atendendo a solicitação dos Vereadores Uender Nogueira – PSL, Alisson Lorencetti Ferreira – PSDB e Francisco Venturini – PT, para discutir o aumento da energia elétrica pela nova empresa, a Energisa em substituição a Eletrobrás que fora privatizada.

Segundo a nova empresa o aumento será de mais de 27%, aprovados pela Aneel, e liberados através de liminar, após uma rápida interrupção pela justiça, e deve-se ao fato dos preços estarem defasados não cobrindo os custos de geração e distribuição de energia no Estado. A Audiência aconteceu logo após uma manifestação realizada pela população na porta do Escritório da Empresa no município, fato esse que aconteceu em praticamente todo o Estado de Rondônia, dada a insatisfação dos consumidores.

Durante a realização da audiência a palavra foi aberta ao público participante, os quais demonstraram não só a insatisfação, mais os preços abusivos nas novas contas já em poder dos consumidores. “O aumento no preço da energia pode causar um efeito dominó, haja vista, que empresários não terão como absorver os novos valores o que pode acarretar em demissão em massa, aumentando o desemprego o que é muito ruim para o município. Isso também irá afetar a produção rural, pois hoje muitos dos produtores já migraram para a produção através de irrigação, o que aumentará custos insuportáveis para essa parcela da população”. Disse o Presidente da Câmara, Vereador Dr. Lauro Lopes.

Estiveram presente além do Presidente da Câmara, Dr. Lauro Lopes, os proponentes da audiência: Vereador Uender Nogueira, Alisson Vinicius e Francisco Venturini, o Vereador Aldair Julio – MDB, Ênio Reinicke – MDB e Vereador Claudinho da Cascalheira que deve ser empossado nessa segunda feira, além de Presidente de Associações, o Presidente da ACIRM Ivonei Miranda, e representantes de classe. No final da Audiência várias pessoas que se pronunciaram, denunciaram a falta de representantes da Empresa de Energia, da OAB, Promotoria, PROCON e de outros órgãos que deveriam estar presente para dar apoio a causa, haja vista, que todos foram convidados.


6e52628e-9cfa-4231-88ed-162c493c3769.jpg
62ce543a-677e-4a3b-97cd-6e12438d7d2d.jpg
EUCATUR.jpg
a0b9d943-d73d-4b47-880b-58c1c18c75f1.jpg
4c431daf-e845-4334-9e53-725fdf7616c6.jpg
934b0fec-b165-406b-bf07-01ae73250ec7.jpg
24174133_1944909432494834_4108635420390726574_n.jpg
2022 dom.jpg
                                                     Notícia Em Destaque                                                     
be27f0c5-4fa9-41c5-98a8-9ac5c645f951.jpg
6e52628e-9cfa-4231-88ed-162c493c3769.jpg
d2ea8d0f-0c5c-4bf3-860d-af688e0bcf0d.jpg
anuncio TERRAFORTE.jpg
a05d55d4-665c-4af4-b7f1-6e740d661e27.jpg
5bb1e9a9-b366-4571-9ff5-9b2272c77dc5.jpg