PARTIDO PROGRESSISTA ENTREGA PRESTAÇÃO DE CONTAS ELEITORAIS NOS 52 MUNICÍPIOS


A quitação eleitoral e organização partidária é recomendação da presidente Jaqueline Cassol

Em cumprimento com suas obrigações perante a Justiça Eleitoral, o Progressistas em Rondônia apresentou a prestação de contas eleitoral, obrigatória a todos os partidos e candidatos, eleitos ou não, que concorreram ao pleito em 2018. Além do diretório estadual, as 52 sedes municipais também cumpriram essa exigência da legislação partidária.

O prazo para a entrega da prestação de contas final foi de até 30 dias após a realização da eleição de primeiro turno, executado a risca pelo diretório regional do Progressistas. Nas municipais, cada presidente protocolou a documentação em suas zonas eleitorais respectivas. O não cumprimento da exigência acarreta, entre outras implicações, a perda do direito ao recebimento de recursos do Fundo Partidário.

A presidente do Progressistas em Rondônia, deputada federal eleita Jaqueline Cassol, entende que o trabalho de prestação de contas dos diretórios e provisórias é importantíssimo, pois é preciso manter o órgão político organizado e apto para receber novos filiados, visando os próximos pleitos eleitorais. “Sempre digo aos Progressistas de Rondônia que, a organização e transparência precisam andar alinhados, independentemente das pretensões políticas futuras”.

O Secretário-Geral dos Progressistas em Rondônia, Luiz Paulo Batista, defende a exigência da Justiça Eleitoral, em razão da transparência na aplicação dos recursos envolvidos e parabenizou a equipe responsável pela execução dos trabalhos. “Sabemos que não foi fácil, pois o PP possui órgãos políticos nos 52 municípios. No entanto, a maestria dos trabalhos, aliados a competência e dedicação, trouxeram resultados positivos, tendo em vista a necessidade de manter todos os diretórios e as provisórias em ordem”.

A execução do trabalho de prestação de contas partidárias foi realizado pelo corpo jurídico do Progressista em Rondônia, composto pelos advogados Thiago Becker e Manoel Veríssimo.


14c23045-9b95-458a-9656-0490a77f1c2c.jpg
EUCATUR.jpg
a0b9d943-d73d-4b47-880b-58c1c18c75f1.jpg
c2c9063e-ef01-4b45-89ef-a4f835f274c0.jpg
934b0fec-b165-406b-bf07-01ae73250ec7.jpg
24174133_1944909432494834_4108635420390726574_n.jpg
2022 dom.jpg
                                                     Notícia Em Destaque                                                     
be27f0c5-4fa9-41c5-98a8-9ac5c645f951.jpg
6e52628e-9cfa-4231-88ed-162c493c3769.jpg
d2ea8d0f-0c5c-4bf3-860d-af688e0bcf0d.jpg
anuncio TERRAFORTE.jpg
a05d55d4-665c-4af4-b7f1-6e740d661e27.jpg
5bb1e9a9-b366-4571-9ff5-9b2272c77dc5.jpg