Assembleia aprova a criação do Dia da Consciência Negra em Rondônia


De autoria do deputado Só na Bença, matéria também propõe promoção da cultura negra nas escolas e órgãos públicos

Só na Bença (MDB) teve frente ao Projeto de Lei nº 976/18 acerca da criação do Dia da Consciência Negra no Estado de Rondônia, bem como a implementação de ações para conscientização e promoção da cultura negra nas escolas e órgãos públicos. A matéria foi aprovada pelos demais parlamentares e segue para sanção do Executivo.

A proposta de Só na Bença estabelece a inclusão da data no calendário de eventos estaduais, escolares e dos órgãos públicos. O projeto prevê a realização das comemorações e a promoção da conscientização, através de ações informativas, nas escolas e em lugares públicos, por meio de intervenções, ciclo de palestras com personalidades representantes do movimento e caminhadas públicas para tratar dos aspectos sociais, culturais e políticos.

O deputado também propõe a assistência governamental, mediantes secretarias ou fundações culturais, para auxílio na promoção e divulgação dos eventos.

A população negra em Rondônia representa 62,5% do total, conforme último censo realizado. Segundo Só na Bença, ainda existe um grande abismo racial no país, seja de forma patente ou velada, mas que os coloca a margem de todos os demais, evidenciando a necessidade da criação de políticas públicas para os colocarem na situação de igualdade social.

“A criação do Dia da Consciência Negra em Rondônia trará maior visibilidade, atenção e lugar de falar a essa parcela da população que ainda sofre repreensão e se encontra marginalizada há tantos anos”, cita Só na Bença.

O deputado explica que a escolha da data, 20 de novembro, se dá em razão de um fatídico acontecimento que marcou a luta da classe em face de toda a opressão e escravidão promovida pelos brancos, a morte de Zumbi dos Palmares, líder do quilombo que leva seu nome.

“Zumbi dos Palmares foi assassinado e teve seus restos mortais expostos em praça pública, se tornando símbolo da resistência negra, bem como de seu movimento, em face da dominação branca”, lembra Só na Bença.

Nacionalmente, a criação do Dia da Consciência Negra foi instituída pela Lei nº 12.519/2001, quando também foi criado o Dia Nacional de Zumbi.

Foto: Gilmar de Jesus


6e52628e-9cfa-4231-88ed-162c493c3769.jpg
62ce543a-677e-4a3b-97cd-6e12438d7d2d.jpg
EUCATUR.jpg
a0b9d943-d73d-4b47-880b-58c1c18c75f1.jpg
4c431daf-e845-4334-9e53-725fdf7616c6.jpg
934b0fec-b165-406b-bf07-01ae73250ec7.jpg
24174133_1944909432494834_4108635420390726574_n.jpg
2022 dom.jpg
                                                     Notícia Em Destaque                                                     
be27f0c5-4fa9-41c5-98a8-9ac5c645f951.jpg
6e52628e-9cfa-4231-88ed-162c493c3769.jpg
d2ea8d0f-0c5c-4bf3-860d-af688e0bcf0d.jpg
anuncio TERRAFORTE.jpg
a05d55d4-665c-4af4-b7f1-6e740d661e27.jpg
5bb1e9a9-b366-4571-9ff5-9b2272c77dc5.jpg