SUÍNOS: EXPORTAÇÃO ELEVADA SUSTENTA PREÇOS NO BRASIL


As exportações brasileiras de carne suína in natura seguem em ritmo de recuperação neste segundo semestre. A média diária de embarques da proteína na parcial de outubro (nove dias úteis) é de 2,86 mil toneladas, a maior desde novembro/16, segundo dados da Secex.

Essa quantidade é 13% maior que a de setembro/18 e supera em 24% a de outubro/17, período em que a Rússia ainda figurava como o principal destino da carne brasileira. Conforme colaboradores do Cepea, o maior volume de carne suína escoado ao exterior tem enxugado a oferta da proteína no mercado doméstico e, consequentemente, elevado os preços internos.

Para o animal vivo, verificam-se valorizações em todas as regiões acompanhadas pelo Cepea. Na parcial do mês (até o dia 17), a média do preço do suíno negociado na região de SP-5 (Bragança Paulista, Campinas, Piracicaba, São Paulo e Sorocaba), de R$ 3,81/kg, subiu 3,6% frente à do mês anterior. Na Grande Belo Horizonte, a elevação nos preços foi de 3,7%, a R$ 3,96/kg. Ponte Nova (MG) foi a região que apresentou a alta mais expressiva, de 5,1%, com a média a R$ 4,00/kg nesta parcial de outubro.

  • Fonte: Cepea


c2c9063e-ef01-4b45-89ef-a4f835f274c0.jpg
934b0fec-b165-406b-bf07-01ae73250ec7.jpg
24174133_1944909432494834_4108635420390726574_n.jpg
2022 dom.jpg
                                                     Notícia Em Destaque                                                     
be27f0c5-4fa9-41c5-98a8-9ac5c645f951.jpg
AUITSMO corrigido 300X250.png
e7fecd30-2a15-4427-b13c-ff7239795fb9.jpg
EUCATUR.jpg
a0b9d943-d73d-4b47-880b-58c1c18c75f1.jpg
6e52628e-9cfa-4231-88ed-162c493c3769.jpg
d2ea8d0f-0c5c-4bf3-860d-af688e0bcf0d.jpg
anuncio TERRAFORTE.jpg
a05d55d4-665c-4af4-b7f1-6e740d661e27.jpg
5bb1e9a9-b366-4571-9ff5-9b2272c77dc5.jpg