Jovem é presa após difamar PM no ato contra Bolsonaro na capital


"policiais militares e a polícia militar de Rondônia são fascistas, assassinos, que matam inocentes no campo e ninguém vê", ela disse.

A jovem Rosa M. R. V., 22 anos, foi presa no início da noite deste sábado (29), após difamar policiais militares que faziam ronda durante o ato contra Bolsonaro, ” #EleNão”, no Espaço Alternativo em Porto Velho.

De acordo com a ocorrência, durante o evento considerado um protesto contra o candidato a presidência Jair Messias Bolsonaro, a jovem ao falar no microfone usou os seguintes termos: “policiais militares e a polícia militar de Rondônia são fascistas, assassinos, que matam inocentes no campo e ninguém vê”, sendo interrompida a sua fala somente após alguém da organização do evento tirar o microfone de sua mão.

Diante dos fatos, a guarnição presente no local, deu voz de prisão para a suspeita. Vários manifestantes tentaram impedir que ela fosse conduzida, agarrando-a, sendo necessário uso da força física para tirar as outras pessoas e efetivar a prisão. Ela foi apresentada na central de flagrantes para as devidas providências.

Por RedaçãoDIÁRIO DA AMAZÔNIA


6e52628e-9cfa-4231-88ed-162c493c3769.jpg
62ce543a-677e-4a3b-97cd-6e12438d7d2d.jpg
EUCATUR.jpg
a0b9d943-d73d-4b47-880b-58c1c18c75f1.jpg
4c431daf-e845-4334-9e53-725fdf7616c6.jpg
934b0fec-b165-406b-bf07-01ae73250ec7.jpg
24174133_1944909432494834_4108635420390726574_n.jpg
2022 dom.jpg
                                                     Notícia Em Destaque                                                     
be27f0c5-4fa9-41c5-98a8-9ac5c645f951.jpg
6e52628e-9cfa-4231-88ed-162c493c3769.jpg
d2ea8d0f-0c5c-4bf3-860d-af688e0bcf0d.jpg
anuncio TERRAFORTE.jpg
a05d55d4-665c-4af4-b7f1-6e740d661e27.jpg
5bb1e9a9-b366-4571-9ff5-9b2272c77dc5.jpg