CENSO AGROPECUÁRIO: REBANHO CAPRINO AUMENTOU 16% NO BRASIL


Entre 2006 e 2017, número total desses animais passou de 7,1 milhões para 8,2 milhões

O rebanho de caprinos do Brasil cresceu 16,1% entre 2006 e 2017. Os dados são do Censo Agropecuário produzido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e foram divulgados em 27 de julho em caráter preliminar. Em todo o País, o número desses animais no período passou de 7,1 milhões para 8,2 milhões.

A alta na quantidade de cabeças de caprinos no Brasil foi alavancada em três regiões: Nordeste (de 6,4 milhões para 7,6 milhões, ou 18,3%), Norte (139,7 mil para 188,6 mil, ou 35%) e Centro-Oeste (75,9 mil para 108,8 mil, ou 43,3%). Apenas as regiões Sul e Sudeste apresentaram redução do rebanho caprino entre os anos analisados pelo IBGE.

O Censo Agropecuário revela ainda que o número de estabelecimentos agropecuários voltados à caprinocultura saltou de 286,6 mil para 333,9 mil entre 2006 e 2017, representando um crescimento de 16,5%. Além disso, o total de animais comercializados teve expansão de 65%, saltando de 1,15 milhão para 1,90 milhão de cabeças. O avanço se reflete no valor total obtido com a venda desses animais no País em 2017: R$ 290 milhões, quase 300% a mais do que R$ 73 milhões de 2006. Vale destacar que, no período, o preço médio de venda dos caprinos foi de R$ 63,64 para R$ 153,06, uma alta nominal de 14% ao ano.

Ovinos

Ao contrário do que foi verificado na produção de caprinos, o número de ovinos no período teve uma leve queda de 2,8%. Apesar da retração nos níveis nacionais, o Nordeste, região responsável por quase dois terços do rebanho brasileiro, teve uma variação positiva de 15,9% no número de cabeças de ovinos entre 2006 e 2017. O rebanho dos noves estados nordestinos passou de 7,7 milhões para 9 milhões no período de 11 anos. As outras regiões, entretanto, apresentaram baixa no número total de animais.

Mesmo com a leve queda no rebanho ovino, o número de estabelecimentos voltados à criação desses animais teve alta de 20%, passando dos 438,6 mil existentes em 2006 para 526,2 mil no ano passado.

  • Fonte: Embrapa


6e52628e-9cfa-4231-88ed-162c493c3769.jpg
62ce543a-677e-4a3b-97cd-6e12438d7d2d.jpg
EUCATUR.jpg
a0b9d943-d73d-4b47-880b-58c1c18c75f1.jpg
4c431daf-e845-4334-9e53-725fdf7616c6.jpg
934b0fec-b165-406b-bf07-01ae73250ec7.jpg
24174133_1944909432494834_4108635420390726574_n.jpg
2022 dom.jpg
                                                     Notícia Em Destaque                                                     
be27f0c5-4fa9-41c5-98a8-9ac5c645f951.jpg
6e52628e-9cfa-4231-88ed-162c493c3769.jpg
d2ea8d0f-0c5c-4bf3-860d-af688e0bcf0d.jpg
anuncio TERRAFORTE.jpg
a05d55d4-665c-4af4-b7f1-6e740d661e27.jpg
5bb1e9a9-b366-4571-9ff5-9b2272c77dc5.jpg