DETRAN E SEDUC INICIAM NOVA ETAPA DO LIVRO-CARTA-MURAL


O projeto literário e educativo de trânsito atenderá mais de 25 mil pessoas em quatro municípios de Rondônia

Iniciou nesta quarta-feira (25) a aplicação das atividades do Projeto Livro Carta Mural, uma parceria do Departamento Estadual de Trânsito – DETRAN com a Secretaria de Estado da Educação. A Escola Estadual de Ensino Fundamental Bela Vista, no bairro Conceição, zona Sul de Porto Velho foi a primeira a receber a ação, atendendo alunos do 6º ao 9º ano.

O projeto é desenvolvido através do método livro-carta, trabalhando a Educação Preventiva e Conscientização para a Redução de Acidentes e Segurança no Trânsito. O programa está direcionado ao público infanto-juvenil e de acordo com os preceitos propostos na Portaria nº 147/2009 do DENATRAN, que aprovou as Diretrizes Nacionais da Educação para o Trânsito no Ensino Fundamental.

As abordagens incluem questões como o direito das pessoas no convívio no espaço público, questões de segurança, mobilidade e desenvolvimento da paz no trânsito, com exemplos que refletem o exercício da ética e cidadania. A temática é “Educação para um trânsito seguro”.

Serão atendidos o total de 24.496 pessoas da rede estadual de ensino, sendo: 15.004 em Porto Velho, 4.137 em Ariquemes, outros 3.387 em Cacoal, e 2.968 em Jaru. O público é composto de alunos e professores escolhidos pela SEDUC. A aplicação é por uma equipe especializada com monitoramento pedagógico do DETRAN.

O diretor técnico de educação de trânsito do DETRAN, Solano Ferreira, esteve presente acompanhando o inicio das atividades. Explicou que o Estado tem preocupação com os acidentes de trânsito e que trabalha com a meta de redução dos índices. O diretor esteve acompanhado das pedagogas Nauana Holder e Glauce Silva, que fazem o monitoramento pedagógico pelo DETRAN.

A professora Lucineide Monteiro, da Coordenadoria Regional de Educação/SEDUC, elogiou o projeto e disse que contribui com a qualidade do ensino, pois estimula a leitura e a escrita, critérios essenciais para a melhora dos índices educacionais dos alunos. Também destacou a qualidade do material didático que valoriza a identidade do aluno, com a personalização e referências geográficas da comunidade de onde a escola pertence.

Ao final do projeto, alunos e escolas com melhores colocações serão premiadas.


6e52628e-9cfa-4231-88ed-162c493c3769.jpg
62ce543a-677e-4a3b-97cd-6e12438d7d2d.jpg
EUCATUR.jpg
a0b9d943-d73d-4b47-880b-58c1c18c75f1.jpg
4c431daf-e845-4334-9e53-725fdf7616c6.jpg
934b0fec-b165-406b-bf07-01ae73250ec7.jpg
24174133_1944909432494834_4108635420390726574_n.jpg
2022 dom.jpg
                                                     Notícia Em Destaque                                                     
be27f0c5-4fa9-41c5-98a8-9ac5c645f951.jpg
6e52628e-9cfa-4231-88ed-162c493c3769.jpg
d2ea8d0f-0c5c-4bf3-860d-af688e0bcf0d.jpg
anuncio TERRAFORTE.jpg
a05d55d4-665c-4af4-b7f1-6e740d661e27.jpg
5bb1e9a9-b366-4571-9ff5-9b2272c77dc5.jpg