Justiça liberta 17 homens presos durante invasão de terras em Alvorada do Oeste, RO


Os 17 detidos comprovaram que são réus primários e por isso foram liberados. Seis homens continuam presos suspeitos de terem mantidos vítimas em cárcere privado na fazenda.

A justiça libertou 17 homens que foram presos durante uma invasão de terras em Alvorada do Oeste (RO), município distante aproximadamente 430 quilômetros de Porto Velho. De acordo com a Polícia Civil, seis suspeitos continuam detidos, por possivelmente, terem mantidos cerca de cinco pessoas em cárcere privado na fazenda Verde Vale, durante o sábado (7). Dentre os critérios para liberação há ausência de antecedentes criminais.

No decorrer da semana a justiça solicitou que os 23 detidos apresentassem os documentos pessoais. Após análise dos dados foram liberados 17 homens, que comprovaram ser réus primários, sem antecedentes criminais.

Caso as investigações apontem envolvimento no assalto, os suspeitos podem responder pelos crimes de formação de quadrilha, corrupção de menores, cárcere privado, roubo, emprego de violência e uso de arma de fogo, a pena de acordo com a polícia pode chegar a mais de 30 anos de prisão.

A Polícia Civil de Alvorada do Oeste segue investigando o caso.

Assalto e invasão

Suspeita é que os homens detidos façam parte da Liga dos Camponeses Pobres (LCP)

Cerca de 15 homens armados assaltaram a fazenda Verde Vale no sábado (7), na BR-429, Zona Rural de Alvorada D'Oeste (RO), região situada a cerca de 400 quilômetros de Porto Velho. Segundo a Polícia Militar (PM), a suspeita é de que os homens façam parte da Liga dos Camponeses Pobres (LCP), que defende a ocupação dos latifúndios pelo Brasil. Eles mantiveram cinco pessoas em cárcere privado por mais de 10 horas.

De acordo com a polícia, os suspeitos informaram às vítimas que cerca de 250 famílias invadiriam a propriedade no domingo (8).

Após a ocupação 33 pessoas foram presas. Sendo 23 homens e 10 mulheres, que foram conduzidos à Unisp do município. As mulheres foram liberadas no mesmo dia.

Por Gedeon Miranda, G1 Ji-Paraná e Região Central


c2c9063e-ef01-4b45-89ef-a4f835f274c0.jpg
934b0fec-b165-406b-bf07-01ae73250ec7.jpg
24174133_1944909432494834_4108635420390726574_n.jpg
2022 dom.jpg
                                                     Notícia Em Destaque                                                     
be27f0c5-4fa9-41c5-98a8-9ac5c645f951.jpg
AUITSMO corrigido 300X250.png
e7fecd30-2a15-4427-b13c-ff7239795fb9.jpg
EUCATUR.jpg
a0b9d943-d73d-4b47-880b-58c1c18c75f1.jpg
6e52628e-9cfa-4231-88ed-162c493c3769.jpg
d2ea8d0f-0c5c-4bf3-860d-af688e0bcf0d.jpg
anuncio TERRAFORTE.jpg
a05d55d4-665c-4af4-b7f1-6e740d661e27.jpg
5bb1e9a9-b366-4571-9ff5-9b2272c77dc5.jpg