Termina julgamento dos envolvidos no caso Chico Pernambuco


Marcos Ventura, Herique Ribeiro e Diego Nagata foram condenados a cumprir pena em regime fechado

Terminou hoje às 1oh no 1° tribunal do Juri de Porto Velho, a segunda sessão do julgamento dos suspeitos pelo assassinato do ex-prefeito de Candeias do Jamari, Chico Pernambuco.

Marcos Ventura Brito, Henrique Ribeiro de Oliveira e Diego Nagata Conceição, foram julgados por participação na organização do crime. O suspeito de ser o mandante, Katsumi Yuji Ikenohuchi Lema, ainda continua foragido.

Os três envolvidos foram condenados a cumprir pena inicialmente em regime fechado. Marcos Ventura está condenado a cumprir 14 anos e 6 meses de reclusão, onde responderá também pelo crime de lesão corporal, com mais seis meses de detenção, onde cumprirá inicialmente em regime fechado.

Diego Nagata foi condenado a cumprir 14 anos e seis meses de reclusão, além do crime de lesão corporal aumentando mais quatro meses da sua pena que inicialmente também será cumprida em regime fechado.

Henrique Ribeiro foi condenado a 13 anos de reclusão, e também responderá pelo crime de lesão corporal, aumentando mais cinco meses da sua pena, ele como os outros dois envolvidos também cumprirá a pena inicialmente em regime fechado.

Julgamento

No primeiro dia, das 12 testemunhas, algumas foram dispensadas e todas as outras foram ouvidas, já no mês de março deste ano, no primeiro julgamento que aconteceu nos dias 5 e 6 de março, nove testemunhas foram ouvidas e três réus interrogados. Os três foram considerados culpados pelo juri popular.

Foi concluído que Talisso disparou contra Chico Pernambuco, ele foi condenado a 15 anos de reclusão. Wellyson confessou ter conduzido a motocicleta no crime e ajudou a incendiar, no intuito de queimar as provas. Ele foi condenado à pena de 14 anos. O último, William, foi condenado a 14 anos e 6 meses. Ele foi responsável por ter alugado o veículo para auxiliar na operação criminosa.

Relembre o caso

No dia 18 de março de 2017, o ex-prefeito de Candeias do Jamari (RO), Chico Pernambuco, de 66 anos, foi morto a tiros dentro do próprio carro.

O parlamentar chegava em casa com a namorada e uma criança, quando dois homens se aproximaram de motocicleta e efetuaram vários disparos.

Chico Pernambuco foi atingido por dois tiros no peito e um no rosto.

Por: Dario da Amazonia


c2c9063e-ef01-4b45-89ef-a4f835f274c0.jpg
934b0fec-b165-406b-bf07-01ae73250ec7.jpg
24174133_1944909432494834_4108635420390726574_n.jpg
2022 dom.jpg
                                                     Notícia Em Destaque                                                     
be27f0c5-4fa9-41c5-98a8-9ac5c645f951.jpg
AUITSMO corrigido 300X250.png
e7fecd30-2a15-4427-b13c-ff7239795fb9.jpg
EUCATUR.jpg
a0b9d943-d73d-4b47-880b-58c1c18c75f1.jpg
6e52628e-9cfa-4231-88ed-162c493c3769.jpg
d2ea8d0f-0c5c-4bf3-860d-af688e0bcf0d.jpg
anuncio TERRAFORTE.jpg
a05d55d4-665c-4af4-b7f1-6e740d661e27.jpg
5bb1e9a9-b366-4571-9ff5-9b2272c77dc5.jpg