Grêmio estudantil desenvolve projetos sustentáveis em Seringueiras


Prefeita de Seringueira recebe Claudia Moura e defende maior representatividade feminina em Brasília

O jovem Hernani Gabriel tem 16 anos e cursa o 2º ano do ensino médio. Ele é o presidente do Grêmio Estudantil da Escola Osvaldo Piana, fundado este ano.A instituição desenvolve ações que visam conscientizar a juventude e a população como um todo: repassa conhecimento com o projeto “Transferindo o Saber”; cuida da “Horta Comunitária”estudantil como forma de desenvolver ações de preservação ambiental e produção de alimento; e trabalha com jardinagem e plantação de grama em frente à escola.

A professora universitária e comunicóloga,Claudia Moura esteve com representantes do grêmio neste final de semana. Para ela é muito importante a participação dos alunos no grêmio, que foi criado esse ano e já desenvolve ações diversas. “Na minha adolescência eu comecei a participar da vida política em um grêmio estudantil na escola onde eu estudava”, disse Cláudia. No início dos anos 1980, Cláudia e alguns colegas organizaram, na escola onde estudavam em Goiânia,um grêmio semelhante ao que ela visitou em Seringueiras. Ela considera que participar de organizações como essa, desde a adolescência, passa a ser um divisor de águas.

“Me tornei, aos poucos, uma pessoa com nível de consciência política mais elevada a partir daquela ocasião, além de despertar interesse pelas causas sociais, que é hoje uma de minhas principais características”, disse Claudia. Ela parabenizou a direção da escola e os alunos pela iniciativa de tal forma que estes possam opinar sobre a gestão escolar e desenvolver seus projetos.

Talvez fosse o caso, opinou a jornalista, de os alunos trabalharem projetos na área de comunicação, pois desde sempre essa atividade está presente em tudo que se pretende desenvolver. “O grêmio estudantil, juntamente com o corpo docente poderá desenvolver inúmeros projetos de comunicação, principalmente interna, que certamente irão potencializar as demais iniciativas, disse ela.

A expectativa de Jaqueline Alves do Santos, integrante do grêmio, é cumprir todos os projetos que o grêmio colocou em pauta. Abrir o leque de parcerias com a sociedade, pois“estamos sempre precisando de colaboradores”. Recursos financeiros para a realização dos projetosé o principal gargalo, disse Jaqueline. “Não temos problemas com efetividade dos integrantes, já que os alunos da escola são muito atuantes, relatou Jaqueline, que gostou da sugestão de Cláudia sobre o papel que a comunicação poderia representar no Grêmio.


6e52628e-9cfa-4231-88ed-162c493c3769.jpg
62ce543a-677e-4a3b-97cd-6e12438d7d2d.jpg
EUCATUR.jpg
a0b9d943-d73d-4b47-880b-58c1c18c75f1.jpg
4c431daf-e845-4334-9e53-725fdf7616c6.jpg
934b0fec-b165-406b-bf07-01ae73250ec7.jpg
24174133_1944909432494834_4108635420390726574_n.jpg
2022 dom.jpg
                                                     Notícia Em Destaque                                                     
be27f0c5-4fa9-41c5-98a8-9ac5c645f951.jpg
6e52628e-9cfa-4231-88ed-162c493c3769.jpg
d2ea8d0f-0c5c-4bf3-860d-af688e0bcf0d.jpg
anuncio TERRAFORTE.jpg
a05d55d4-665c-4af4-b7f1-6e740d661e27.jpg
5bb1e9a9-b366-4571-9ff5-9b2272c77dc5.jpg