Ação da Exército destrói armar e munições apreendidas


Armar e munições que estavam apreendidas e sob a guarda do Poder Judiciário foram destruídas na manhã desta quarta-feira (2), no 5º Bec

Armar e munições que estavam apreendidas e sob a guarda do Poder Judiciário foram destruídas na manhã desta quarta-feira (2), no 5º Bec em Porto Velho. A ação foi realizada pelo Exército após um acordo de cooperação técnica.

O armamento em questão não poderia ser doado para a polícia, devido as condições precárias de conservação, e pelas características que não se encaixam nos padrões utilizados pela Polícia Militar.

Pelo acordo, cabe ao CNJ estabelecer parceria com os tribunais, para que enviem ao Exército, para destruição ou doação, as armas de fogo e munições apreendidas, que estejam sob sua guarda e que sejam desnecessárias ao prosseguimento e à conclusão do processo penal.


Bannerweb_SOBREVIVENTE_ALERO_970x250.gif
934b0fec-b165-406b-bf07-01ae73250ec7.jpg
24174133_1944909432494834_4108635420390726574_n.jpg
2022 dom.jpg
                                                     Notícia Em Destaque                                                     
be27f0c5-4fa9-41c5-98a8-9ac5c645f951.jpg
a0b9d943-d73d-4b47-880b-58c1c18c75f1.jpg
6e52628e-9cfa-4231-88ed-162c493c3769.jpg
d2ea8d0f-0c5c-4bf3-860d-af688e0bcf0d.jpg
anuncio TERRAFORTE.jpg
a05d55d4-665c-4af4-b7f1-6e740d661e27.jpg
5bb1e9a9-b366-4571-9ff5-9b2272c77dc5.jpg
EUCATUR.jpg
300x2500 (1).png
e7fecd30-2a15-4427-b13c-ff7239795fb9.jpg