Prefeito de Cujubim pede que deputados mantenham sustação de decretos que criaram reservas ambientai


O prefeito de Cujubim, na região do Vale do Jamari, Pedro da Belo Horizonte (PDT), se reuniu nesta terça-feira (17) com o presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (MDB) e o deputado José Lebrão (MDB), para pedir que os parlamentares mantenham em vigor os onze Projetos de Decreto Legislativo (PDL), que sustaram os 11 decretos do Executivo criando novas áreas de reserva ambiental em Rondônia.

"Cujubim foi muito afetado com esta decisão do ex-governador Confúcio Moura (MDB), em criar essas novas áreas de reserva. Terras produtivas, com escrituras, com títulos definitivos e habitadas por gerações, foram incluídas dentro dessas áreas. O clima na cidade não é nada bom, com esse medo das pessoas de perderem o que construíram ao longo da vida", explicou o prefeito.

Maurão disse que a Assembleia está firme e que fechou questão em defesa de quem produz, se posicionando contrário à criação dessas reservas.

"Não vamos aceitar esta imposição. É um desrespeito com as famílias que produzem, que trabalham para sustentar a nossa economia. Uso como exemplo o município de Guajará-Mirim, que tem mais de 90% de suas áreas preservadas, mas a cidade enfrenta uma grave crise financeira. Ou seja, quem usa a terra para produzir riqueza, se desenvolve. Quem apenas preserva, sem receber nenhuma compensação por isso, fica para trás", completou o deputado.

Lebrão criticou a forma como foram criadas as reservas e disse que a Assembleia está atenta às ações do Governo, que tenta derrubar os decretos aprovados pelos parlamentares.

"O clima na minha região, no Vale do Guaporé, não é nada bom desde que foi noticiada a criação dessas áreas de reserva, desrespeitando quem mora há décadas nas localidades, trabalhando, produzindo e com documentos de sua propriedade", acrescentou.

O presidente relatou que esteve em Brasília, na última sexta-feira (13), quando se reuniu com o ministro do meio Ambiente, Edson Duarte. "Mostrei ao ministro que Rondônia se destaca por sua força no setor produtivo, sem deixar de cuidar do meio ambiente. Praticamente dois terços de nosso território é formado por reservas e unidades de conservação e não cabe a criação de novas áreas", afirmou.

Depois, em plenário, Maurão e Lebrão se juntaram a outros deputados que criticaram a iniciativa do Governo em ingressar com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin), numa tentativa de derrubar os projetos aprovados pelos parlamentares, derrubando a criação das 11 reservas.

Autor: Eranildo Costa Luna | ALE


6e52628e-9cfa-4231-88ed-162c493c3769.jpg
62ce543a-677e-4a3b-97cd-6e12438d7d2d.jpg
EUCATUR.jpg
a0b9d943-d73d-4b47-880b-58c1c18c75f1.jpg
4c431daf-e845-4334-9e53-725fdf7616c6.jpg
934b0fec-b165-406b-bf07-01ae73250ec7.jpg
24174133_1944909432494834_4108635420390726574_n.jpg
2022 dom.jpg
                                                     Notícia Em Destaque                                                     
be27f0c5-4fa9-41c5-98a8-9ac5c645f951.jpg
6e52628e-9cfa-4231-88ed-162c493c3769.jpg
d2ea8d0f-0c5c-4bf3-860d-af688e0bcf0d.jpg
anuncio TERRAFORTE.jpg
a05d55d4-665c-4af4-b7f1-6e740d661e27.jpg
5bb1e9a9-b366-4571-9ff5-9b2272c77dc5.jpg