Mulher morre após ser sugada parcialmente pra fora de avião


Janela explodiu após explosão que destruiu parte da turbina

Na tarde desta terça-feira (17), uma mulher e sete pessoas ficaram feridas após uma turbina se soltar e quebrar a janela de um avião vinte minutos após a decolagem.

No voo que saia de Nova York para Dallas, nos Estados Unidos, Jennifer Riordan, uma executiva da empresa Wells Fargo, que estava em uma viagem de trabalho, foi parcialmente “sugada” por uma janela quebrada para fora da aeronave, ela foi puxada novamente para dentro e passou por atendimentos de primeiros socorros, mas não resistiu.

Segundo comunicado feito pela empresa responsável pelo voo, Southwest Airlines, confirmou que o equipamento possuía 20 anos de fabricação, mas passou por revisão três dias antes da decolagem.

O acidente foi provocado pela explosão de um motor que causou danos a fuselagem e os destroços quebraram a janela que a poltrona da executiva estava posicionada. Pela gravidade do incidente, a aeronave perdeu pressurização e precisou fazer um voo de emergência


                                                     Notícia Em Destaque                                                     

EDIÇÃO DE HOJE Nº 118

121192447_2812561702348776_7365130888151
56422362_2285627121709462_41902581880518
ARTE ANUNCIO.jpg
CONVENIO UNIMED.png
ARTE ANUNCIO.jpg