PRESO POR ASSALTO: Justiça de RO decide transferir travesti para presídio feminino


RONDÔNIA - Por determinação do juízo da 1ª Vara Criminal, foi transferido para o presídio feminino na manhã de ontem (21), um travesti identificado como Heverson Ray Rodrigues da Costa, cujo nome social seria "Bruna", que estava cumprindo prisão preventiva no presídio masculino de Jaru desde o final de janeiro de 2018.

Segundo consta, Heverson ficava preso em cela isolado de outros detentos e teria entrado com o pedido de transferência para o presídio feminimo, com a justificativa de sua opção de gênero.

“Bruna” foi presa juntamente com mais dois amigos após sair de uma danceteria do município e chamarem um táxi para irem embora, porém ao chegar no local indicado por eles, além de não terem dinheiro para pagar a corrida, ainda exigiram que o taxista entregasse a carteira e as chaves do veículo.

Relembre Aqui:

No ano de 2013 Heverson Ray, foi preso no estado do Acre, na época ele foi conduzido com mais outras duas pessoas, os quais eram acusados de prática de crimes contra o patrimônio, eles foram presos após uma minuciosa investigação da Polícia Civil local.

Heverson também teria outras passagens pela polícia, como no estado do Mato Grosso, onde o mesmo foi preso com identidade falsa, no qual utilizava o nome de Eliandro Brasilino de Morais, e teria sido preso juntamente com outros quatro travestis dentro de um motel no Bairro Potiguar, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, suspeitas de tentar roubar um cliente e desacatar policiais militares. A vítima, um homem de 41 anos, ainda teria sido agredida pelas travestis.

RedaçãoDo Rondonoticias


EDIÇÃO DE HOJE Nº 118

5c39b923-e1ce-4dea-b7ef-e2e1ee12cdac.jpg
anigif.gif
serra dourada.gif
CONVENIO UNIMED.png
ARTE ANUNCIO.jpg
                                                     Notícia Em Destaque