Três foram executados com tiros na cabeça


Os corpos foram encontrados na cozinha da propriedade rural de bruços

Três homens foram executados a tiros em uma chácara no km 10 da BR-364, próximo a Universidade Federal de Rondônia (Unir), em Porto Velho na manhã desta terça-feira (20). Todos os três foram mortos com tiros na cabeça.

De acordo com as informações, os corpos foram encontrados na cozinha da propriedade rural e estavam de bruços.

Uma das vítimas foi identificada como Marcos Albino Pereira de 38 anos, vulgo “sapo”, ele é o proprietário da chácara onde ocorreu o crime. Segundo a polícia ele tinha passagem na polícia, e estava sendo investigado por um crime de homicídio e seria integrante de uma facção criminosa.

Ainda segundo a polícia, a chácara estaria sendo utilizada para reunir suspeitos envolvidos com crimes de furto em bancos e roubos de caminhões.

De acordo com o delegado da Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) Sandro Moura, as mortes têm características de execução. “A princípio, numa análise preliminar, as vítimas estavam conversando do lado de fora da casa e foram levadas pra dentro da residência, rendidas e executadas”, afirmou o delegado.

Ainda segundo Moura, inicialmente duas linhas de investigações serão apuradas.

Até o fechamento desta matéria, as outras duas vítimas ainda não tinham sido identificadas.

Por RedaçãoDIÁRIO DA AMAZÔNIA


EDIÇÃO DE HOJE Nº 118

5c39b923-e1ce-4dea-b7ef-e2e1ee12cdac.jpg
anigif.gif
serra dourada.gif
CONVENIO UNIMED.png
ARTE ANUNCIO.jpg
                                                     Notícia Em Destaque