EDIÇÃO DE HOJE Nº 118

6429316e-92ab-426c-92d0-41a2de232145.jpg
24174133_1944909432494834_4108635420390726574_n.jpg

Corpo de servidora é encontrado dentro de saco em rio


O corpo da servidora pública Rosineide Maria de Souza, 45 anos, foi encontrado no final da tarde desta terça-feira (9), às margens do Rio Vermelho, em Rondonópolis MT (212 km de Cuiabá).

Ela havia sido dada como desaparecida desde a noite de domingo (7) por seus familiares, após ter saído para ir à missa e não retornado mais.

Segundo os bombeiros da cidade, o corpo de Rosineide foi encontrado por um pescador dentro de um saco plástico, perto de uma aldeia indígena.

Ele acionou a Polícia Civil, que fez a identificação da vítima.

Ainda não há informações sobre que teria acontecido e, apesar de o corpo não apresentar lesões, o caso é tratado como homicídio.

O desaparecimento

Rosineide havia saído de casa por volta das 18 horas de domingo e foi até a Paróquia São José, que frequentava sempre. Porém, após o fim da missa, não foi mais vista.

A filha de Rosineide, Dayane Delly de Souza Rocha, informou ao MidiaNews que a mãe fora vista por uma amiga na igreja e que esta amiga chegou a conversar com ela.

“Essa amiga nos informou que a viu na igreja. Elas se abraçaram e conversaram. Era por volta das 19h10”, disse.

Ao final da missa, a servidora foi vista por testemunhas subindo em sua moto e saindo.

No boletim de ocorrência que registrou na segunda-feira (8), Dayane disse que a mãe possuía uma vida social ativa, mas não tinha o costume de ficar sem dar notícias.

No BO ainda consta que Rosineide havia acabado um relacionamento recentemente, e o ex-namorado a estava ameaçando. Conforme o BO, este ex-namorado não aceitava o fim da relação.

A filha ainda relatou que a mãe saiu sem nenhum documento, e não teve comportamento estranho no dia do desaparecimento.

Fonte:Midia News


5c39b923-e1ce-4dea-b7ef-e2e1ee12cdac.jpg
anuncio TERRAFORTE.jpg