DOCUMENTÁRIO SOBRE O PROJETO SEMEANDO É UMA LIÇÃO DE SUSTENTABILIDADE


Com o nome de “Semeando Sustentabilidade 2015/2017”, documentário pode ser acessado pelo Canal do CES Rioterra no Youtube

Os resultados de atuação do Projeto Semeando Sustentabilidade, patrocinado pela Petrobras, através do Programa Petrobras Socioambiental,no período de 2015 a 2017, realizado pelo Centro de Estudos Rioterra, fazem parte de um vídeo-documentário lançado recentemente, com acesso pelo canal do Centro no Youtube (https://www.youtube.com/watch?v=TfSKLA3-hy4), que mostra os trabalhos realizados junto aos agricultores familiares dos municípios de Itapuã do Oeste, Cujubim e Rio Crespo, Rondônia.

O objetivo das ações é voltado para conservação da Amazônia e a fixação de carbono através de práticas que combatam a agricultura itinerante, aquela que avança sobre a floresta, através da recuperação de áreas com emprego de sistemas agroflorestais.

O projeto Semeando Sustentabilidade já recuperou mais de 300 hectares de áreas degradadas/alteradas, oferecendo aos agricultores oportunidades de diversificar a produção e dar novos usos para terrenos abandonados de suas propriedades. “Com o projeto Semeando Sustentabilidade aprendi que eu posso plantar, ter as árvores, recuperar áreas degradadas e ao mesmo tempo ocupar a terra para o plantio de café”, diz a agricultora Idenir Pereira, beneficiária de Itapuã do Oeste.

“Com o projeto Semeando Sustentabilidade, a gente aprende que não podemos só destruir, desmatar. Também temos que pensar em preservar”, considera o agricultor Jaime Carvalho Santos, de Cujubim.

“Poderíamos destacar vários resultados, porém destacamos as evidências de que processos que envolvam de fato as pessoas, respeitando suas atividades econômicas e oferecendo a estes olhares multidisciplinares para as questões ambientais podem resultar em parâmetros que permitam avançarmos sobre a questões de regularização ambiental de propriedades rurais, gerando desenvolvimento, e não apenas de crescimento, como tem sido a tônica regional, aliados à conservação da Amazônia”, explica o Coordenador de Projetos do CES Rioterra, Alexis Bastos.

Ana Aranda – assessoria de imprensa

Fotos Marcela Bonfim/CES Rioterra


9e413106-a9b3-4d57-abde-2b6eb073f5b5.jpg
CONVENIO UNIMED.png
682a8f16-9535-4ecc-b613-4e0c2a098aad.jpg
be27f0c5-4fa9-41c5-98a8-9ac5c645f951.jpg
                                                     Notícia Em Destaque