Cinco médicos chegam para reforçar Saúde


Os profissionais vão atuar na saúde básica na cidade de Vilhena.

O Governo Federal enviou para Vilhena cinco profissionais pelo programa ‘Mais Médicos para o Brasil’.

No mês passado, sete cubanos retornaram ao país de origem após determinação do Ministério da Saúde. O programa tem optado pela contratação de brasileiros formados no exterior.

De acordo com o coordenador do programa em Vilhena, médico Jânio Marques, os cinco novos profissionais inseridos no programa prestarão serviços em Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

“Estes profissionais servirão ao município pagos pelo Governo Federal. A maioria absoluta era de Cuba, hoje não”, comentou. Ainda, de acordo com Jânio, Vilhena conta com 19 médicos do programa e além destes, até agosto o município deve receber mais cinco.

O secretário Marco Vasques e a prefeita Rosani Donadon deram boas vindas aos médicos e ressaltaram a importância deles no município. “Os municípios do interior foram agraciados com o programa ‘Mais Médicos’. Os cubanos desempenharam papel fundamental nestes últimos anos e até receberam homenagem antes da despedida. Agora os brasileiros farão parte da equipe e é o vilhenense quem ganha com isso”, disse a prefeita.

Programa

O “Mais Médicos” teve início em 2014 após acordo entre o governo de Cuba, a Organização Panamericana de Saúde (Opas) e o Governo Federal Brasileiro.

O contrato com os cubanos era de dois anos e alguns já tiveram fim e estão sendo substituídos por brasileiros. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Marco Aurélio Vasques, o programa quebrou paradigmas no País. “Efetivamente o cidadão brasileiro passou a ter atendimento médico na Atenção Básica”, disse.

Por Assessoria


CONVENIO UNIMED.png
682a8f16-9535-4ecc-b613-4e0c2a098aad.jpg
be27f0c5-4fa9-41c5-98a8-9ac5c645f951.jpg

EDIÇÃO DE HOJE Nº 118

5c39b923-e1ce-4dea-b7ef-e2e1ee12cdac.jpg
anigif.gif
EUCATUR.jpg
e20bd367-7acc-4475-8da3-9fbc6ec09c2a.jpg
                                                     Notícia Em Destaque