EDIÇÃO DE HOJE Nº 118

6429316e-92ab-426c-92d0-41a2de232145.jpg
24174133_1944909432494834_4108635420390726574_n.jpg

Falso dentista é preso por usar consultório improvisado


Um falso cirurgião-dentista foi preso em flagrante na quarta-feira (01.03) em Nobres, a 120 km de Cuiabá, por usar um consultório improvisado no quarto de uma residência para realizar atendimentos clandestinos.

De acordo com denúncia encaminhada ao VGNews, o falso dentista usava um carimbo com um registro falso. A suspeita é de que ele realiza os procedimentos odontológicos com preços mais baratos que os praticados no mercado.

O flagrante foi feito após denúncias anônimas de moradores e dentistas daquele município.

A clínica foi improvisada em um dos quartos da casa que fica no Bairro São José, em Nobres. Na sala, segundo a policia, haviam materiais de trabalho de um dentista, ao lado de uma pia. Os policiais teriam chegado ao local, que funcionaria há cerca de 10 meses, após um paciente ter denunciado o estabelecimento, onde ele teria sido atendido por um homem, que se apresentava como dentista e extraiu dois dentes, que resultou em dores e hemorragia.

o falso dentista fazia diversos procedimentos cirúrgicos, como a extração dentária sem a devida habilitação e inscrição do conselho de classe.

O exercício da odontologia só poderá ser praticado por cirurgiões-dentistas habilitados, com diploma de graduação e registro no CRO do estado, de acordo com a Lei 5.081/66. O Código Penal também pune o exercício ilegal da odontologia sem habilitação ou diploma com uma pena de seis meses a 2 anos de prisão e cumulada à multa.

Elisângela Neponuceno-VGNews


5c39b923-e1ce-4dea-b7ef-e2e1ee12cdac.jpg
anuncio TERRAFORTE.jpg
a05d55d4-665c-4af4-b7f1-6e740d661e27.jpg
5bb1e9a9-b366-4571-9ff5-9b2272c77dc5.jpg
Banner-Prefeitura-de-Cacoal-Trabalho-Pela-Vida-970x250-Animação.gif