Morre a secretária do nazista Joseph Goebbels aos 106 anos


Brunhilde Pomsel, a secretária do chefe de propaganda do regime nazista Joseph Goebbels, morreu na Alemanha aos 106 anos de idade, informou nesta segunda-feira o diretor de um recente documentário sobre a idosa, Christian Kroenes.

Ele informou que Brunhilde morreu em 27 de janeiro, dia internacional em memória das vítimas do Holocausto.

De 1942 até o final de Segunda Guerra Mundial, ela trabalhou como secretária e estenógrafa de Joseph Goebbels, um dos mais temidos e influentes dirigentes do regime nazista de Adolf Hitler.

Foi a última testemunha ainda viva dos círculos do poder nazista e isso resultou, em 2016, no documentário "A German Life".

No documentário, afirmou que, como a maioria das pessoas de sua geração, não sabia nada sobre os crimes nazistas, em particular dos campos de concentração e extermínio.

"Devo reprovar-me por não ter me interessado por política?", questionou no documentário.

"Nós mesmos estávamos em um gigantesco campo de concentração", comentou, referindo-se à censura e onipotência nazista.

"Não poderia resistir, eu fazia parte dos covardes", admitiu.


9e413106-a9b3-4d57-abde-2b6eb073f5b5.jpg
CONVENIO UNIMED.png
682a8f16-9535-4ecc-b613-4e0c2a098aad.jpg
be27f0c5-4fa9-41c5-98a8-9ac5c645f951.jpg
                                                     Notícia Em Destaque