103419939_2703858683219079_3930321760858
76eb2f52-4da8-4771-9e29-13908719f04a.jpg

Deputado Lazinho da Fetagro defende piso salarial para técnicos em educação


O deputado estadual Lazinho da Fetagro (PT) defendeu, por meio de indicação parlamentar ao Governo do Estado e à Secretaria de Estado da Educação (Seduc), que seja adotado um piso salarial estadual para os técnicos educacionais, correspondente a 60% do piso dos professores.

Para o deputado, ainda que o atual cenário seja de adversidade e insegurança, os reflexos de um piso salarial a esses profissionais é corresponder a uma expectativa que já vem sendo pauta de reivindicações da categoria há algum tempo. A categoria busca a implantação de um piso salarial adequado e sustentável. Nesta condição, reivindica a adoção de 60% do valor do piso estadual do professor, que hoje é de R$ 2.886,24.

O deputado destaca que instituir um piso salarial aos técnicos em educação será para efetiva valorização e reconhecimento de sua importância, priorizando uma remuneração condigna. “A Constituição Federal é imperativa ao assegurar um piso salarial aos trabalhadores e declara textualmente que são direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros que visem à melhoria de sua condição social, um piso salarial proporcional à extensão e à complexidade do trabalho”, ponderou.

Lazinho da Fetagro ainda ressalta que implantar o piso aos técnicos em educação é defender uma política de valorização desses profissionais, que se revela numa conquista voltada para a educação como um todo, e que responde aos anseios da categoria e de toda a sociedade.

“O Poder Executivo está a par dessa reivindicação e deve reconhecer a legitimidade e a necessidade de contemplar o piso salarial a esses profissionais”, pontuou.