103419939_2703858683219079_3930321760858

RONDÔNIA RURAL SUL FECHOU OS PORTÕES COM SALDO POSITIVO EM NEGÓCIOS


A maior feira do agronegócio da região sul do estado de Rondônia, chegou ao seu 5º e último dia, com um balanço de mais de 80 milhões em negócios realizados dentro do parque de exposições. Os números são das instituições financeiras como Basa – Banco da Amazônia, Sicoob Credisul e Sicredi.

Entretanto, as empresas presentes na feira, informaram que alguns negócios foram fechados com recursos próprios. Nesse caso, a percepção dos números aumenta.

Grandes empresas estiveram presentes na Rondônia Rural Sul. Algumas delas como a Andremaq – Stara, Noroeste – Komatsu, Tratoron – New Holland, Autovema – Scânia, Apediá Veículos – Toyota, disseram que a coordenação da feira está de parabéns pelo novo formato e que negócios foram fechados e a prospecção foi excelente.

A Apediá veículos, concessionária Toyota, disse que começou a semana, na loja, atendendo clientes que foram prospectados na feira.

Negócios também foram fechados no espaço comercial em que a franquia educacional Supera estava instalada e conforme a diretora franqueada Sandra Kurtz, “Fechamos bons negócios e prospectamos alguns outros”.

No espaço da Agroindústria, foram 52 expositores, sendo 35 de Vilhena, com movimento durante todo o período da feira, durante o dia e a noite. “Tivemos um público de comércio bem significativo e atendeu nossas expectativas”, concluiu Rogério, coordenador da agroindústria do município de Vilhena.

A consolidada Haus Bier cervejaria, há mais de 20 anos instalada em Vilhena e com 10 franquias espalhadas pelo país, também não teve do que se queixar da feira. O gerente Thiago Gonçalves quase não conseguiu falar com a reportagem da Rondônia Rural Sul, tanto era o movimento.

A responsável pelo marketing da Sicoob Credisul, Adevania Silveira, deu sua opinião sobre a Rondônia Rural Sul. “A feira precisava ser repaginada e isso foi feito graças à união de duas entidades importantes para a vocação local - (Aciv e Aviagro) - que é o agronegócio. É necessário dizer que nenhum evento nasce pronto ou ocorre 100% do que foi planejado. É preciso construí-lo e fortalecê-lo ano a ano, com a presença das empresas, o apoio dos empresários e superando os obstáculos. O que nunca poderá faltar é a união do setor. Sem isso, esqueçam e esperem para assistir de pé toda a economia da região minguar ou escoar para outras cidades.”

A 1ª Rondônia Rural Sul, foi um grande sucesso em fechamento de negócios e em público nos shows e outros eventos no parque de exposições Ovídio Miranda de Brito.

  • Fonte: Assessoria Rondônia Rural Sul


0 visualização