103419939_2703858683219079_3930321760858

Jhony Paixão apresenta projetos de Lei e indicações com benfeitorias para educação de Rondônia


Um dos projetos defende conscientização dos alunos em relação aos problemas provocados em ambientes sócios digitais

Com a finalidade de desenvolver ações e assegurar políticas públicas que promovam avanços na área de educação, o deputado Jhony Paixão (PRB), apresentou o projeto de Lei que autoriza o Poder Executivo do Estado a promover inclusão do tema “Educação Sócio Digital”, como tema transversal e especial, no currículo do Ensino Fundamental e Médio, junto as escolas estaduais de Rondônia.

Segundo Paixão, o objetivo do seu projeto é garantir que as escolas públicas estaduais abordem com seus alunos, a utilização da internet como meio de interação social e produção de conhecimento, para que eles tenham conscientização dos problemas provocados nos ambientes sócio digitais, tais como notícias falsas, correntes que estimulem práticas maléficas à saúde e sociedade, divulgação de conteúdo íntimo de outras pessoas e jogos sociais que influenciem seus participantes a realizarem atos contra sua própria saúde ou de outrem.

“Para evitar a propagação de ações e jogos negativos, o Poder Públicos através da Seduc deve promover palestras e discussões com pais, alunos e educadores. Não estamos pedindo a inclusão de uma nova disciplina, e sim de tema especial e transversal que pode ser trabalhado em diversas disciplinas”, justifica.

Educação Empreendedora

O deputado também apresentou o projeto de Lei que “Autoriza o Executivo a instituir Política Estadual de Educação Empreendedora, a ser desenvolvida no âmbito das escolas estaduais de nível médio de Rondônia.

Segundo Jhony, o projeto pode ser aplicado de duas formas: como disciplina obrigatória ou pelo projeto transversal. “Nossa proposta é que a norma deverá ser implementada no formato transversal, e todos os alunos das escolas estaduais de nível médio irão aprender sobre empreendedorismo dentro do conteúdo de todas as disciplinas”, destaca.

Indicações

O parlamentar encaminhou ainda para a Seduc, a necessidade de disponibilizar Kit de Robótica ao Instituto Estadual de Educação Abaitará, localizado no município de Pimenta Bueno. “Nossa intenção é oferecer um ambiente escolar com as condições adequadas aos alunos e fortalecer a metodologia de ensino dada aos mesmo”, aponta.

A escola Estadual Benno Prediger, localizada no município de Ji-Paraná, também entrou na lista de solicitações do deputado. Defensor da militarização das escolas, Jhony aponta que a unidade deveria implementar o método de ensino militar, tendo como referência as avaliações positivas de outras escolas. “As famílias veem as escolas militarizadas como locais em que seus filhos estão seguros, protegidos da marginalidade e das drogas, e onde aprenderão não somente aquilo que é próprio das escolas ensinarem, mas também, disciplina, obediência, respeito à hierarquia entre outros”, finaliza.

Texto: Laila Moraes - DECOM/ALE

Foto: José Hilde


0 visualização