103419939_2703858683219079_3930321760858

Descaso com alunos e professores de escola em Parecis é denunciado no MP


Em busca do apoio da justiça, uma comissão formada por dez pessoas se deslocou da cidade de Parecis na manhã desta sexta-feira (15) até a sede do Ministério Público na cidade de Santa Luzia do Oeste, onde foi protocolada denúncia relacionada ao descaso com alunos e professores da escola estadual Benedito Laurindo Gonçalves.

Na denúncia feita ao MP, foi relatado que a escola foi desativada e os alunos foram transferidos para vários locais dentro da cidade de Parecis, dentre eles a câmara municipal, auditório da praça, biblioteca municipal, espaço cedido pela igreja católica e escola do município.

Os alunos merendam na Igreja Assembleia de Deus e o fato do deslocamento, tendo que atravessar as ruas correndo risco de acidentes, a perda de tempo de estudo nas idas e vindas, falta de suporte aos professores para oferecer ensino adequado, visto que estão sem sala dos professores, biblioteca e laboratório e o transtorno de estarem sendo transportados para os vários locais onde os alunos estão estudando, também foi relatado.

Uma das situações de descaso, segundo informou a comissão, são os contêineres destinados para as salas de aula que não estão totalmente equipados para receberem os alunos, pois não há instalação de energia e estão espalhados em várias localidades sem suporte adequado.

Por telefone, uma das mães de aluno informou que possivelmente oscontêineres estejam apenas gerando despesas para o estado sem estar sendo utilizados.

Com a denúncia feita ao Ministério Publico, a comissão espera queprovidências sejam tomadas o mais rápido possível pelo governo do estado.

A escola públicaBenedito Laurindo Gonçalves atende mais de 300 alunos efoi desativada por ordem judicial, pois a estrutura precária oferecia risco à vida dos que a utilizavam.

Fonte: Omégeni Ramos

Jornalista SRTE/RO 1308


0 visualização