103419939_2703858683219079_3930321760858

'É tortura', diz Mel Gibson sobre retorno à cadeira de diretor


Mel Gibson revelou que ser diretor é "tortura".

O astro de Hollywood, que ganhou dois Oscars - incluindo um de Melhor Diretor pelo filme de 1995, 'Coração Valente' - voltou à cadeira de diretor para o novo filme, 'Até o Último Homem' cerca de 10 anos depois que ele trabalhou no comando em 'Apocalypto'.

Gibson, de 61 anos, provocou indignação nesta semana, quando foi revelado que ele tinha sido nomeado para um Oscar de Melhor Diretor e Melhor Filme pelo longa-metragem da Segunda Guerra Mundial, apesar de não estrelar na produção, mas em entrevista ao jornal 'Metro', ele admitiu que se sentiu muito bem por estar de volta por trás das câmeras.

Ele disse: "Amo isso. É tortura, mas amo isso. As milhares de perguntas por dia. A angústia. Há um monte de coisas de guarda de trânsito acontecendo: 'Ah, coloque isso lá, traga isso aqui!'. Você consegue trabalhar com pessoas incrivelmente talentosas e você tem uma miscelânea de opções. Sua próprias, além de todas de todo mundo mais".

Enquanto isso, Mel Gibson celebrou sua indicação ao Oscar com seu filho recém-nascido, Lars Gerald Gibson, fruto de seu relacionamento com a namorada Rosalind Ross, que deu à luz no último fim de semana.

Ele disse em um comunicado: "O que poderia ser mais emocionante do que ouvir as nomeações sendo anunciadas enquanto seguro meu recém-nascido. Esta é uma honra verdadeiramente maravilhosa!".

"Estou especialmente feliz por Andrew Garfield, nossos produtores Bill Mechanic e David Permut, nosso editor John Gilbert e nossas equipes incríveis de som".

"O reconhecimento da Academia do nosso filme é um testamento para cada pessoa que trabalhou em 'Até o Último Homem', e para cada soldado que fez os sacrifícios que eles fizeram para lutar por seu país, incluindo Desmond Doss".

'Até o Último Homem' também recebeu mais cinco indicações ao Oscar, incluindo Melhor Filme e Melhor Ator em um Papel Principal para Andrew Garfield

#ÉtorturadizMelGibsonsobreretornoàcadeir

0 visualização